terça-feira, 15 de maio de 2012

Comandante operacional adjunto da GCM conhece o Semanário

Na manhã de 2 de maio, quarta-feira, o jornal Semanário da Zona Norte recebeu a visita do inspetor Marcos dos Santos Queiroz, comandante operacional adjunto do Comando Norte da Guarda Civil Metropolitana (GCM), que esteve reunido com o diretor João Carlos Dias, oportunidade na qual discorreram sobre diversos assuntos da região, com especial ênfase para a segurança.
O inspetor Marcos dos Santos Queiroz, comandante operacional adjunto do Comando Norte da GCM, que está na instituição há nove anos, falou um pouco sobre o trabalho realizado. “Na verdade, estamos presentes para auxiliar o nosso comando e os comandantes regionais. Atualmente, tenho a missão de exercer a função de comandante ajunto da Região Norte, na qual comandamos sete unidades da Guarda Civil, formadas por aproximadamente 900 homens que atendem às necessidades da comunidade. Temos muitas demandas e a Guarda Civil tem procurado investir em tecnologia, bem como a preparação do homem para atender da melhor forma possível a população da nossa cidade. Hoje o foco da Guarda Civil está voltado para a prevenção escolar, atuamos também na proteção do meio ambiente, na preservação do espaço público e de seu patrimônio.
Um novo projeto denominado Casas de Mediação de Conflito em breve estará sendo colocado em prática pela GCM e representa um grande avanço, como explicou o inspetor Queiroz. “Estamos também trabalhando no desenvolvimento de um novo projeto, que são as Casas de Mediação de Conflito. A meta é de que elas estejam presentes nas regiões de todas as 31 subprefeituras de São Paulo, oferecendo um serviço de alta importância, pois vai desafogar o trabalho do próprio Judiciário, já que estaremos atuando para ajudar na solução de pequenos problemas entre as partes. Isso em breve estará sendo colocado em prática na inspetoria regional da GCM em Santana.”
Quando falou sobre investimentos, o inspetor Queiroz reconhece que novos equipamentos são fundamentais para o trabalho, mas a valorização do profissional deve ser sempre uma prioridade. “Sem o homem preparado, motivado e estimulado para o seu trabalho, a instituição sofre. Por isso, além dos investimentos em tecnologia, como todas viaturas equipadas com GPS, e investimentos na área de monitoramento, entendemos que o essencial é o guarda civil. A nossa secretaria, por determinação do prefeito, tem desenvolvido uma política de investimentos, capacitação e valorização do guarda municipal. Só para se ter uma ideia disso, durante a prova de Fórmula Indy que tivemos no último fim de semana em nossa região, contamos no Anhembi com seis guardas municipais bilíngues, capazes de se comunicar fluentemente em inglês e em espanhol para auxiliar os turistas. Isso é uma forma de valorizar o profissional e estimulá-lo. Entendemos que ainda deve haver uma evolução com relação às questões salariais, mas a administração municipal também tem se preocupado com este aspecto, fazendo com que o profissional seja estimulado a dar o seu melhor para o bem da sociedade.”
Ele considera muito importante o contato e a parceria com os veículos de comunicação, como o jornal Semanário da Zona Norte. “Esse contato com a imprensa é algo fundamental, pois atualmente as polícias pelo mundo afora têm muito presente a filosofia de policiamento comunitário, algo pelo qual também se rege a Guarda Civil de São Paulo. Em qualquer esfera, municipal, estadual ou federal, a polícia não consegue estar em todos os lugares ao mesmo tempo, por isso a comunidade é uma parceria essencial no processo de garantia à segurança e de promover as denúncias. É muito importante que estejamos alinhados com a comunidade, que representa os olhos da polícia, e isso se dá por meio do trabalho da imprensa. Assim, a Guarda Civil tem buscado esta integração com os parceiros da comunidade e hoje estamos presentes no Semanário da Zona Norte para ressaltar este aspecto. Entendemos que precisamos ter sempre este contato com a imprensa, bem como estar próximo a outros órgãos, como as associações de moradores de bairro, os Consegs, as diretorias de ensino e é isso que norteia o nosso trabalho. Em nome do Comando da Guarda Civil Metropolitana, colocamos a nossa instituição à disposição do Semanário e de toda comunidade da Zona Norte, pois gostaríamos também de receber a todos em nossa sede, que fica localizada na Praça Heróis da FEB, no bairro de Santana. Agradecemos esta acolhida do Semanário e a GCM está sempre à disposição de todos com nosso lema, que é o de: Aliada, Protetora e Amiga, que está ao lado de todos pelo telefone 153.”
Fonte: http://www.semanariozonanorte.com.br/exibenoticia.asp?idnews=3809
Enviado pelo Sindicato Da Guarda Civil Metropolitana
Postar um comentário