sábado, 7 de julho de 2012

GCMs da Zona Sul são treinados na fiscalização ambiental

O objetivo foi o aprimoramento dos guardas civis metropolitanos que atuam nas regiões de Capela do SocorroCampo LimpoCidade AdemarParelheiros e M'Boi Mirim, áreas de mananciais, ambiental, de risco e pública, além das Represas Guarapiranga e Billings.
O encontro, que reuniu 100 GCMs, aconteceu nesta terça e quarta-feiras (03 e 04/07), na Sala Multiuso da Subprefeitura Capela do Socorro. A capacitação, numa parceria entre o Comando Operacional Sul da Guarda Civil Metropolitana, o Centro de Formação em Segurança Urbana e a Subprefeitura local e teve como foco, afinar e atualizar os procedimentos voltados à fiscalização e demais ações voltadas aos crimes ambientais e, sobretudo, descarte ilegal de resíduos.
Foto: Guty
Entre os assuntos abordados: preenchimento de talonários de Comunicado de Descarte Irregular (CEDIR), autos de Apreensão/Custódia; encaminhamento da ocorrência/apreensão de bens utilizados para despejar ilegalmente resíduos para a custódia da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (AMLURB); continuidade aos procedimentos necessários para emissão  dos Autos de Multa e demais atos decorrentes; condução dos infratores e todo o material apreendido à Delegacia de Policia do Meio Ambiente; classificação de resíduos, atualização das Leis Federais, Estaduais e Municipais; Portarias e Decretos; quais organismos parceiros devem ser informados imediatamente, quando do flagrante, como proceder sobre apreensão de veículo, se a área é publica e privada, além de outros temas.
Foto: Guty
Os palestrantes foram o Classe Distinta da Inspetoria de Operações Especiais, Marcio Luiz Gonçalves e o GCM Edmilson de Almeida Santos, lotado na Inspetoria de Guaianases. 
A GCM atua com base no Procedimento Operacional Padrão 016 Descarte Irregular de Resíduos. Descarte Irregular de entulho é Crime Ambiental. A população pode denunciar através do telefone 153 GCM, que funciona 24 horas.

Postar um comentário