terça-feira, 25 de setembro de 2012

Autista é esquecido em centro de reabilitação de Taboão da Serra

Um adolescente autista foi esquecido nesta segunda-feira (24) em um centro de reabilitação social do Jardim Vitória, em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. Ele ficou trancado e sozinho por quase cinco horas. A irmã contou ao Bom Dia São Paulo que uma van costumava levar o jovem para casa no fim da tarde. Funcionários do centro, entretanto, ligaram para a família informando que o veículo estava com problemas e que familiares teriam que buscar o rapaz. Quando eles chegaram ao centro, encontraram tudo fechado e entraram em desespero. “Eu ligava para todo mundo da escola. 
Era inacessível. Eu não conseguia falar com ninguém”, disse Ariane Alves Moreno, irmã do adolescente. A família ligou para a Polícia Militar e para a Guarda Municipal. Dois guardas foram até o centro de reabilitação. Desconfiados de que o adolescente pudesse estar ainda lá dentro, eles pularam o muro. “Quando o colega ligou a lanterna e o menino percebeu aquele sinal de luz, ele imediatamente abriu a cortina, se apresentou, em estado assim quase de desespero”, disse Glycon José Bernardes Junior, inspetor da Guarda Civil. O jovem foi encontrado por volta da meia-noite. A família registrou ocorrência na Delegacia Central de Taboão da Serra. Nas horas em que ficou sozinho no centro de reabilitação, o rapaz não tomou os remédios que costuma usar. Pouco antes de ir para casa, ele estava mais calmo e agradeceu aos guardas municipais. A diretora do centro de reabilitação foi até a delegacia, mas saiu sem falar com a imprensa. Para polícia, ela disse que não foi trabalhar nesta segunda-feira porque estava com problemas pessoais. A Prefeitura de Taboão da Serra não havia se manifestado sobre o caso até as 7h30 desta terça-feira (25).
Fonte: Blog Amigos da Guarda Civil
Postar um comentário