domingo, 14 de outubro de 2012

Oito homens em quatro motos fecharam a viatura da Guarda Metropolitana e atiraram


Dois guardas civis metropolitanos foram atacados, por volta das 19h30 deste sábado (13), na região do Lajeado, na zona leste de São Paulo. Apesar do ataque ninguém ficou ferido. 
Os dois guardas realizavam um patrulhamento pela rua Lourenço dos Santos, no bairro do Lajeado, quando foram surpreendidos por oito homens em quatro motos. Os bandidos fecharam o carro dos GCM’s e atiraram contra a guarnição.
Os guardas revidaram e começou uma intensa troca de tiros. Pelo menos quatro disparos atingiram a viatura. Apesar do tiroteio ninguém ficou ferido. A ocorrência deve ser registrada no 50º Distrito Policial de Itaim Paulista.
Fonte: Blog Amigos da Guarda Civil
Em Campo Limpo
Ainda na data de 11/10, uma equipe da Inspetoria Regional de Campo Limpo retornava do comunidade de Paraisópolis quando, sofreu uma emboscada,  sendo fechado  em uma rua da comunidade, equipe de imediato solicitou apoio os integrantes nada sofreram, mais elementos passaram em três motos e efetuaram disparos de arma de fogo.
Permanência.
As equipes que ficam fazendo permanência no AMA Paraisópolis 24 horas, já não estão mais seguras, elementos passam o dia e a noite na intenção de desestruturar  as equipes de serviço. Sem contar que há somente dois GCM's em uma viatura para resguardar a segurança dos funcionários da unidade de saúde daquela comunidade, onde uma das funcionárias fora sequestrada dentro da unidade.
Atenção
A violência já não esta apenas contra os agentes da Policia militar do Estado de São Paulo, ela já vem atingindo a Guarda Civil Metropolitana e outras Guardas Municipais de outras cidade da região metropolitana e interior. 
Devemos estar atentos ao sair de nossa residência, deslocamento ao serviço e em patrulhamento. 
Bandido não quer saber de cor de farda, para eles somos todos iguais ( E somos, pois somos agentes do Estado de segurança pública ).
Postar um comentário