segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Prefeito eleito da Cidade de Passos Minas Gerais quer criar Guarda Municipal

'Vamos pacificar as comunidades mais violentas', diz prefeito eleito. Implantação de Guarda Municipal é uma das metas de Ataíde Vilela. Saúde e educação também serão áreas prioritárias na próxima gestão.
O prefeito eleito em Passos  (MG), Ataíde Vilela (PSDB) foi entrevistado pela EPTV Sul de Minas nesta segunda-feira (31). A entrevista aconteceu na cidade em que ele vai administrar.
Durante a entrevista, o prefeito eleito respondeu um bloco de perguntas do Jornal da EPTV e contou como pretende governar, pela segunda vez, o município durante o começo do mandato, que tem início em 2 de janeiro de 2013.
O prefeito eleito volta para administrar a cidade, que agora tem pouco mais de 100 mil habitantes e problemas graves como a violência. Até a última sexta-feira (28) foram registrados 30 homicídios neste ano na cidade. A maioria deles, segundo a Polícia Civil, teve a participação de menores. Segundo o prefeito , uma das medidas para reduzir esta participação será o investimento na educação. “O que eu vejo é que o crack se alastrou. Isso devido ao abandono da cidade na última administração, portanto, vamos implantar o período integral na educação. As escolas municipais passarão a funcionar durante todo o dia, garantindo que estes menores recebam educação”, disse.
O prefeito não descarta também a construção de um centro para acolher menores infratores na cidade. “Se este for o único caminho, vamos construir a casa para os menores, mas antes vamos tentar investir também em esporte, criando possibilidades para estes jovens”, comentou.
Questionado sobre as ações para reduzir a criminalidade no município, Ataíde Vilela destacou que pretende implantar, até 2014, a Guarda Municipal em Passos. “Inicialmente teremos entre 60 e 70 guardas e inspirados nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no Rio de Janeiro (RJ), queremos criar a pacificação nas comunidades mais carentes e afetadas da cidade”, destacou.
Entre as comunidades citadas por ele como as que devem receber a pacificação estão Novo Horizonte, Santo Antônio e Valinhos.
Outro ponto destacado pelo prefeito durante a entrevista é referente a saúde na cidade. “Vamos inovar na área da saúde, fazer com que os PSFs e ambulatórios funcionem de forma satisfatória. Queremos reduzir a demanda reprimida da saúde”, finalizou.
Fonte:http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2012/12/vamos-pacificar-comunidades-mais-violentas-diz-prefeito-eleito.html
Postar um comentário