sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Limpeza para as Copa das Confederação de 2013 e Copa do Mundo de 2014

O Governador junto com a OAB, Ministério público, assinaram convênio, para tratar dos dependentes químicos do Estado. Essa é a forma legal que o estado encontrou de limpar a cidade a menos de cinco meses da COPA DAS CONFEDERAÇÕES.
Claro que isso é um teste ou um plano piloto, para assim verificar onde se  encontra os erros e assim adapta-los em um tempo também recorde. Pois precisam e  necessitam da cidade limpa para a COPA DO MUNDO DE 2014.
O estado não quer mostrar ao mundo a cidade paupérrima que há no Brasil, sendo ela  a maior unidade federativa do país e a terceira maior cidade do mundo ( Capital São Paulo ).
Os veículos da corporação não devem ser usado para conduzir os moradores de rua.
Para isso deve haver  veículos próprios da SAS*
Querem sanar o problema, sem trabalhar a  origem ou raiz do problema... O tráfico de Drogas na região. Em uma região que fica próximo da sede da Policia Militar, Policia Civil e Guarda Civil Metropolitana, e diga-se também da sede do Ministério Público e do e Palácio da Justiça. Quero que fique claro que o problema não é de quem esta na rua trabalhando, mais de quem esta atrás de uma mesa dessas sedes citadas que não toma a devida providência, e de ultima hora querem fazer uma limpeza sem tratar de fato a  origem do problema.
Essa deve ser a abordagem correta. Com um profissional da SAS*
Acompanhado de um Agente das Forças de Segurança.
O mais chato de tudo isso, e que colocam policiais para retirar a força esses moradores de rua - Para não usar um termo usuários de droga - sem a presença devida e correta de um Assistente Social - Pois o Assistente tem medo de realizar a abordagem por sofrer uma pseudo agressão - e ai solicitam ao policial que esta armada, achando que isso irá intimidar o morador de rua.
E desta forma temos a nossa Força policial sendo desonrada - Porque a mídia vai editar uma imagem em que o policial esta levantando um cacetete ou uma tonfa e dizer que é Abuso de Poder ou Autoridade ou ainda Violência Policial - e tirada de seu perfil de Policiamento Preventivo e Comunitário. Já é difícil combater as ações de criminalidade, pois o bandido mata o cidadão de bem e o policial, porque sabe muito bem que nada irá lhe acontecer, e que se for preso ainda terá a seu favor os Juízes que lhe darão benefícios da lei.
Espera-se que o Estado faça de forma decente e coerente - Sem manchar a honra das Instituições Policiais - um trabalho com as devidas Secretarias de Assistência Social, tanto do estado como do município, bem como as Secretarias de Direitos Humanos para acompanhar os trabalho. E espero que não precisem das forças policiais para fazer a internação compulsória dos moradores de rua. 
Deixo aqui no link abaixo uma matéria do nosso amigo e irmão GCM Prezotto sobre   droga.
Veja matéria sobre drogas do GCM Prezotto
*Secretaria de Assistência Social SAS
Postar um comentário