domingo, 27 de janeiro de 2013

Tragédia em Santa Maria Rio grande do Sul

Estamos de luto pela morte de jovens na Boate em Santa Maria Rio Grande do Sul
Deixo aqui as condolências as famílias das vitimas
E a Paz de Deus que excede todo entendimento, guardará seus corações e seus pensamentos em Cristo Jesus.
Filipenses 4:7

Karine Melo
Repórter da Agência Brasil
Brasília - A presidenta Dilma Rousseff se emocionou na manhã deste domingo (27), no Chile, ao comentar a incêndio que matou pelo menos 230 pessoas e deixou um número ainda não determinado de feridos, na Boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. “Eu queria dizer para a população do nosso país e para a população de Santa Maria o quanto, nesse momento de tristeza, nós estamos juntos e necessariamente iremos superar mantendo a tristeza”, disse.
Dilma adiantou que, dá parte do governo federal, há mobilização de recursos para ajudar na identificação dos corpos e no socorro às vítimas. Ainda segundo a presidenta, o Rio Grande do Sul tem uma boa estrutura de saúde, mas o governo deslocará “tudo que for necessário”, inclusive colocará a base da Aeronáutica para dar apoio.
Em pronunciamento no Chile, a presidenta Dilma Rousseff afirmou neste domingo que agora é “momento de estar ao lado do povo brasileiro" ao comentar sobre a tragédia em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul. 
Visivelmente emocionada, a chefe de Estado está a caminho da cidade gaúcha para apoiar as famílias após a morte de mais de 200 pessoas em um incêndio na boate Kiss.
“O Rio Grande do Sul é uma região com uma estrutura boa na área da saúde, mas também enviaremos ajuda para a região. Desde já presto minha solidariedade a todas as famílias das vítimas de Santa Maria”, disse Dilma, que não aguentou a emoção.
Dilma cancelou sua agenda deste domingo na capital do Chile, Santiago, onde participava da Cúpula Celac-União Europeia, para viajar para a Santa Maria. Segundo informações do governo estadual, a presidenta deve chegar à cidade nesta tarde.
A ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário, já está a caminho de Santa Maria com o governador gaúcho. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, está em São Paulo e também vai para o Rio Grande do Sul para providenciar apoio na área da saúde. Segundo a assessoria do ministério, uma das possibilidades é a abertura de leitos no Grupo Hospitalar Conceição, em Porto Alegre, que é vinculado ao Ministério da Saúde, para socorrer as vítimas.
A presidenta que participava da reunião da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos com a União Europeia, no Chile, cancelou a participação em três reuniões com autoridades da Argentina, Letônia e Bolívia por causa da tragédia e seguiu para Santa Maria.
Dilma Rousseff se emociona durante pronunciamento a imprensa sobre a tragédia de Santa Maria.
http://youtu.be/nDTxswEzBMM
Postar um comentário