sábado, 25 de fevereiro de 2012

RESGATANDO A GCM DE SÃO PAULO

É um artigo de autoria do GCM Villar, Presidente da UNGCM e Secretário de Comunicação do SindGuardas-SP.
Nele é feita uma reflexão sobre o atual estado da GCM, uma correlação com a sensação de insegurança vivida pelos paulistanos, que é inclusive alvo de pesquisa de institutos como o IBOPE por exemplo.
“...Hoje a capacidade de atuar da GCM é pífia: existem Inspetorias Regionais que mantem apenas uma Ronda Escolar por plantão, ou seja, uma viatura por turno de 12 horas para cobrir dezenas de escolas municipais. Mas como chegamos a este ponto?”
“...A Inspetoria Regional de Jabaquara possui um efetivo de 75 GCMs e a população na área da Subprefeitura é de 223.780 habitantes, já a de Campo Limpo são 188 GCMs e a população é de 607.105, então respectivamente são 2983H/01GCM e 3229H /01GCM. Logo vemos que em Campo Limpo, onde o foco dado pela GCM é, segundo a reportagem, na área ambiental, o efetivo é quase 7 vezes menor do que o recomendado pela ONU e quase 3 vezes menor que a proporção de Belo Horizonte, Curitiba e Rio de Janeiro...”
Leia a integra em:

Postar um comentário