segunda-feira, 12 de março de 2012

Suspeito de sequestrar van com crianças cumpria regime semiaberto

Ele cometeu sequência de crimes na manhã desta segunda-feira em SP.
Veículo parou após bater em moto e passageiros não ficaram feridos.



O homem que sequestrou uma van com 13 crianças de um a quatro anos durante fuga na manhã desta segunda-feira (12) já tinha sido preso por roubo e porte ilegal de armas. Ele cumpria pena por esses crimes em regime semiaberto.
A sequência de crimes começou na rua Noanama, uma travessa da Estrada do Campo Limpo. Segundo vítimas e testemunhas, o homem de 33 anos estava armado com uma faca. Ele atacou uma mulher que deixava os filhos na escola, levou a bolsa dela e saiu correndo.
Na rua Ojinaga, o suspeito esfaqueou um senhor que saía de casa e tentou roubar o carro dele. O homem reagiu. Os vizinhos ajudaram e conseguiram tirar a faca do agressor. O criminoso então correu até um semáforo em frente ao metrô Campo Limpo. O criminoso então fingiu que tinha uma arma embaixo da blusa e roubou um carro. Guardas civis metropolitanos que faziam ronda pela região ouviram o dono do carro roubado gritar e começaram a perseguir o criminoso. Ele então abandonou o carro e invadiu a van que levava 13 crianças para uma crecheEnquanto tentava fugir dos Guardas Civis Metropolitanos, o homem entrou na contramão e bateu em outro carro, um Corsa. Mesmo assim não parou. Seguiu em alta velocidade e bateu em cheio em uma motocicleta. O motociclista disse que só teve tempo de pular da moto para escapar sem ferimentos. O criminoso ainda tentou continuar a fuga arrastando a motocicleta que ficou presa embaixo da van.

Postar um comentário