quarta-feira, 18 de abril de 2012

Tragédia: Guarda Civil atende homicídio de um bebê


Uma tragédia aconteceu por volta das 20:30hs dessa terça-feira(17), na Rua Vesúvio, no bairro Marco Pólo, divisa de Cotia com Vargem Grande Paulista.
Um pai matou a própria filha, G.V.S.O., de apenas seis meses, com requintes de crueldade.
Segundo os guardas que atenderam a ocorrência, os pais do bebê levaram a criança, já em estado grave, por volta das 02:00hs ao Pronto Socorro do Atalaia. Lá a enfermeira constatou o abuso e chamou a Guarda Civil.
"Com tantos anos de profissão, e tendo visto de tudo, ficamos chocados com a cena", disse o CD Gonçalves. Ele contou ao Portal Viva que a menina apresentava hematomas roxos por todo o corpo, além de sinais de violência sexual, o que demonstra que sofreu bastante antes de morrer.
Nossa reportagem esteve na delegacia de Cotia e conversou com a mãe, P.que friamente nos disse que não pode fazer nada pois o pai trancou a porta do quarto, impedindo-a de pedir socorro, e ainda a ameaçou com uma faca. Num momento de distração ela teria conseguido sair e pedir ajuda à uma vizinha e seu marido. "Ele não bebe, não usa drogas, não sei o que aconteceu com ele. Perguntei por que ele estava fazendo aquilo, ele estava muito nervoso e depois me pediu desculpas", disse.
A mãe nos contou ainda que há um ano perdeu uma outra filha, de um ano e meio, engasgada com leite.
Segundo o delegado de plantão, Dr. Claudio, o pai começou a agredir a filha por volta de 20 horas, e ainda a teria violentado com um cabo de vassoura.
A criança foi socorrida ao PA do Atalaia, onde deu entrada já sem vida. Os guardas se dirigiram à residência, onde encontraram ao lado de um sofá, a vassoura usada pelo pai, além de roupas da criança com manchas avermelhadas, o que supõe-se ser manchas de sangue.
O crime chocou os funcionários do PA do Atalaia, os Guardas e os funcionários da Delegacia de Cotia.
O pai, E.O.R., de 31 anos, foi preso em flagrante e autuado por homicídio qualificado (artigo 121).
Atenderam a ocorrência as viaturas Romu 003 e 004 com a guarnição Classe Distinta Gonçalves, Guardas Civis Gilmar, Miranda, Tadeu e Eli e a Viatura 1009, Guarda Civis Araújo e Jairo.
Postar um comentário