quinta-feira, 3 de maio de 2012

GCM atuará no combate ao comércio ilegal na 8ª edição da Virada Cultural


Em ação articulada e integrada com as Subprefeituras, Polícias Militar e Civil, SAMU, CET e Subprefeituras Sé, Vila Mariana, Pinheiros, Santana e Butantã, a Guarda Civil Metropolitana (GCM), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Segurança Urbana, atuará em ações de fiscalização e apreensões, que acontecerá neste final de semana (5 e 6 de maio).
A ação terá como prioridade a coibição do comércio ambulante irregular na região, o atendimento e encaminhamento da Saúde e Assistência Social de pessoas em situação de risco, coibição do vandalismo ao patrimônio público, descarte irregular de lixo e entulho e orientação ao público. Na edição deste ano, a Guarda Civil Metropolitana contará em toda cidade, com o efetivo de 1.734 agentes e 192 viaturas, entre bases comunitárias móveis, motos e bicicletas, sendo que nos 50 pontos da região Central de São Paulo serão 1300 Guardas Civis Metropolitanos.
A GCM, Polícia Militar e CET contarão com o apoio de 127 câmeras instaladas na região Central da cidade, todas operadas na Central da GCM e, também, na Central da PM, que também opera as câmeras da GCM. As câmeras, instaladas nos pontos mais vulneráveis da cidade, contribuirão na fiscalização de ambulantes, atos de vandalismo e outras situações de violência. O telefone 153 da GCM também estará disponível à população. “Nós iremos atuar junto com as Polícias Civil e Militar para coibir ações de vandalismo, comércio ilegal e questões de segurança com o auxílio de mais de 100 câmeras de monitoramento das autoridades integradas”, afirmou o Secretário Municipal de Segurança Urbana, Edsom Ortega.
Em eventos desta magnitude, a participação da comunidade é fundamental, denunciando através dos telefones: 153 da Guarda Civil Metropolitana, 190 da Polícia Militar ou 156 da Prefeitura e Subprefeituras, para que sejamos cada vez mais rápidos e eficazes.
Postar um comentário