quarta-feira, 27 de junho de 2012

Um dos idealizadores da GCM visita Central de Telecomunicações da corporação

No encontro na sede do Comando Geral da Guarda Civil Metropolitana - localizado na Rua General Couto de Magalhães, Nova Luz -, na tarde desta sexta-feira 22/06, Renato Tuma que estava acompanhado do filho Eduardo Tuma, conheceu as instalações da Central de Telecomunicações e Videomonitoramento (CETEL) da Guarda Civil Metropolitana, Sala de Situação, Central Rádio Comunicação 153 e Despacho. Na oportunidade, o diretor da CETEL Inspetor Paulo Rogério de Souza fez uma breve apresentação sobre a Guarda Civil Metropolitana, subordinada à Secretaria Municipal de Segurança Urbana. Ele falou dos seis programas que a corporação atua (Proteção Escolar; Proteção Ambiental; Proteção ao Patrimônio Municipal; Proteção aos Agentes Públicos; Controle do Espaço Público e fiscalização do Comércio Ambulante e Proteção às Pessoas em Situação de Risco). Também foram destacadas outras ações como: Campanha do Desarmamento, operações do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança, Operação Defesa das Águas, Salas de Mediação de Conflito, entre outros. Além disso, foram apresentados os investimentos que a Secretaria Municipal de Segurança Urbana realizou em equipamentos, tecnologia, pessoal e cursos de aperfeiçoamento. 
Foto: Marcelo Ulisses/Comunicação SMSU
Estiveram presentes o Comandante Geral da GCM, Joel Malta de Sá;   o Subcomandante Hamilton Ananias; o Superintende de Planejamento (Suplan) Dalmo Luiz Coelho Alamo; representando a Superintendência de Operações, Rubens Trapiá e representando o Gabinete do Comando Euclides Conradim.
Foto: Marcelo Ulisses/Comunicação SMSU

O Comandante Joel Malta de Sá agradeceu ao Renato Tuma a criação, cuidado e respeito à GCM. “A nossa Guarda tem sido modelo para as demais do país. É um orgulho estar no comando da corporação e receber uma das pessoas que participou da sua criação”, ressaltou.
Após a apresentação e receber uma homenagem (vídeo com fotos, imagens da GCM e entrevista concedida à Assessoria de Imprensa e Comunicação da SMSU), do Comandante da GCM, Renato Tuma falou sobre a criação da Guarda Civil Metropolitana. Emocionado, discorreu sobre fatos da história da corporação. “Sinto-me honrado de fazer parte da história da GCM, essa corporação que tenho orgulho de constatar que evoluiu tanto no decorrer dos anos e que presta relevantes serviços à sociedade paulistana”, destacou.
Já Eduardo Tuma afirmou que pretende dar continuidade ao trabalho que seu pai iniciou, participando da criação da GCM. “Defendo com veemência o trabalho da corporação”. 

Foto: Marcelo Ulisses/Comunicação SMSU

CETEL
A Central funciona desde 2006 no local e é interligada ao sistema operacional da Polícia Militar e à CET, SPTrans, SAMU, Corpo de Bombeiros e outros órgãos da Prefeitura. Ela recebe cerca de 2.500 chamadas diárias pelo telefone 153 e monitora 1.400 câmeras de vídeo (próprias e compartilhadas) espalhadas pela cidade, que abrangem o centro expandido, o parque Ibirapuera e outros locais estratégicos, como praças, pontes, cemitérios, escolas e ruas e avenidas de grande movimentação.
Postar um comentário