domingo, 7 de outubro de 2012

Guarda Municipal de Nova Odessa apreende 4 mil panfletos anônimos contra candidato

A Guarda Municipal (GM) de Nova Odessa (SP) apreendeu neste sábado (6) pela manhã 4 mil panfletos, sem autor conhecido, contra o candidato a prefeito Benjamin Vieira de Souza, o Bill (PSDB). Um grupo de quatro rapazes, cada um pilotando uma moto, distribuía o material no bairro São Jorge. Um morador da área percebeu a irregularidade e acionou a GM, que não deteve os entregadores. Antes de fugir, o grupo abandonou o material na rua.
Pelas regras eleitorais, todo tipo de propaganda política deve identificar seu autor ou a coligação que liberou a veiculação. Segundo a guarda municioal Fávere, que acompanhou o caso, também houve crime de calúnia contra o candidato tucano. Os panfletos foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil, onde o caso foi registrado. Além de Bill, concorrem pela Prefeitura de Nova Odessa Carol Moura (PMN) e Dimas Starnini (PV).
Propaganda política
A distribuição de panfletos, santinhos e todo o tipo de material gráfico que promova candidatos está permitida até às 22h deste sábado. Depois, a distribuição ou veiculação de qualquer propaganda será considerada crime eleitoral. No dia de votação, o eleitor tem direito de usar broches e itens que identifiquem sua preferência política, desde que não os distribua para outras pessoas.
Postar um comentário