quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Haddad anuncia Netinho e mais seis novos secretários de governo


O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad, anunciou na tarde desta quarta-feira o nome de mais sete novos secretários de seu governo. Com isso, o petista já definiu os titulares de 14 cargos de sua administração. Haddad apresentou os escolhidos em uma coletiva de imprensa realizada no prédio da Caixa Econômica Federal, na Praça da Sé, região central da capital paulista. Entre os novos secretários, está o vereador Netinho de Paula (PCdoB), que vai ficar responsável por uma pasta nova, a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial.
O vereador Netinho de Paula (PCdoB) vai ficar responsável por uma pasta nova, a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial. Foto: Bruno Santos/Terra
O vereador Netinho de Paula (PCdoB) vai ficar responsável por uma pasta nova, a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial
Foto: Bruno Santos/Terra
A criação de uma nova secretaria foi possível, de acordo com Haddad, por causa da fusão de outras duas pastas: a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho com a Secretaria Especial do Microempreendedor Individual. "Como fizemos a fusão de duas secretarias, liberou estrutura para começa uma nova, a de Promoção da Igualdade Racial. Questão que está longe de ser toda superada. Houve avanços expressivos, inclusive reconhecidos pela comunidade negra, mas essa é uma agenda permanente", explicou.
Além de vereador reeleito, Netinho foi apresentador de TV e cantor antes de ingressar na carreira política. A escolha dele abre lugar para que o ex-ministro dos Esportes Orlando Silva (PCdoB) assuma uma vaga na Câmara, já que o político é o primeiro suplente. Já a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho ficou com o também vereador reeleito Eliseu Gabriel (PSB). Ele é formado em Física pela Universidade de São Paulo (USP) e trabalhou nas secretarias do Interior e do Planejamento na gestão do ex-governador de São Paulo Franco Montoro.
Haddad também apresentou o nome do petista Chico Macena (PT-SP) para ocupar a Coordenação das Subprefeituras. Ele é vereador pelo segundo mandato na Câmera dos Vereadores, mas não conseguiu se reeleger. Foi presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego na gestão da ex-prefeita Marta Suplicy.
Para secretário de Relações Governamentais, o prefeito eleito escolheu o deputado estadual João Antonio (PT). Ele é advogado e também foi vereador na capital paulista por três mandatos. Durante esta época, foi líder do governo de Marta.
A filha do vice-presidente da República, Michel Temer, Luciana Temer, foi escolhida para ser secretária de Assistência Social. Ela também é advogada, especializada em Direito Constitucional, e professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Além disso, ocupou o cargo de secretária-adjunta e secretária do Estado de Juventude, Esporte e Lazer.
A candidata a vice-prefeita de Gabriel Chalita (PMDB-SP), derrotado nas urnas no primeiro turno, Marianne Pinotti (PMDB-SP), ficou responsável pela Secretaria da Pessoa Com Deficiência e Mobilidade Reduzida. Marianne é médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia e Mastologia. A peemedebista foi secretária de Saúde de Ferraz de Vasconcelos, município vizinho a São Paulo.
O último nome anunciado é do vereador Roberto Tripoli (PV), que aceitou convite para ser secretário do Verde e do Meio Ambiente. Ele é um dos fundados do Partido Verde e está na Câmara Municipal desde 1988. Durante as eleições, Tripoli chegou a fazer campanha ao lado de José Serra, então adversário de Haddad, que acabou derrotado.
Os outros sete
Os cinco primeiros nomes anunciados por Haddad foram o do vereador Antonio Donato (secretário de Governo), da professora Leda Paulani (secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão), do advogado Luís Fernando Massonetto (secretário de Negócios Jurídicos), do consultor Marcos de Barros Cruz (secretário de Finanças) e do arquiteto Fernando de Mello Franco (secretário de Desenvolvimento Urbano).
Dois dias depois, ele anunciou a escolha dos secretários da Saúde e dos Transportes de sua gestão. O deputado federal petista José de Filippi Júnior (PT-SP) foi indicado para a pasta da Saúde e o também deputado e líder da bancada do PT na Câmara, Jilmar Tatto, foi o escolhido para os Transportes.
Fonte:http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2012/sp/sao-paulo/noticias/0,,OI6339140-EI20654,00-Haddad+anuncia+Netinho+e+mais+seis+novos+secretarios+de+governo.html

Postar um comentário