sábado, 16 de fevereiro de 2013

Polícia Civil, prefeitura e GCM formalizam cooperação


O vice-prefeito Laércio Lopes, o Comandante da GCM Leonel Vieira, o Delegado Seccional Élson Alexandre Sayão e equipe, se reuniram para definiram parcerias entre a Prefeitura, GCM e a Polícia Civil.
A Prefeitura de Taboão da Serra vai realizar reparos no prédio da Delegacia Seccional. Segundo Laércio Lopes, o prédio apresenta problemas na estrutura, como rachaduras, também serão instaladas uma cancela e uma guarita na entrada do prédio.

“A parceria com a municipalidade é uma necessidade, porque o Estado e o Município trabalham com uma mesma finalidade, dar um bom atendimento à população, no caso específico, à população de Taboão da Serra e região. Então não existe novidade na parceria entre Estado e Município, até porque o próprio prédio da seccional é municipal, é locado pela municipalidade. É extremamente salutar, profícuo para o município. Enquanto o estado e municipalidade estão juntos o benefício é do povo”, disse o delegado Sayão.
O vice-prefeito Laércio Lopes durante visita a delegacia Seccional
Foto: Rose Santana

Sobre a parceria com a Guarda Civil Metropolitana, o Comandante da Guarda, Leonel Vieira, destaque que a união da Policia Civil com a Guarda, significa mais segurança para a população. “Quando as polícias se unem quem lucra é a população que tem mais segurança”, declarou Vieira.
Sayão relatou que a  Guarda Civil Metropolitana é um braço da polícia e ter um policial civil no comando é muito bom. “Para nós é importante, termos, como no caso atual, um policial civil no comando da Guarda. Porque ele conhece como é a atuação da Polícia Civil da região, então a unificação do trabalho será extremamente profícua”, comentou. 
De acordo com o Delegado Sayão, a Guarda poderá respaldar o trabalho da Polícia Civil e vice-versa. “Nós vamos ter um perfilhamento de profissional idêntico, vamos apoiar as atitudes da Guarda, as legítimas sem dúvida, assim como a Guarda vai nos apoiar e nos respaldar, ou seja, é um contingente maior atuando pelo mesmo fim”, disse. 
Também esta em estudo a possibilidade da GCM utilizar, em algumas circunstâncias o sistema de informação da Polícia Civil. De acordo com Leonel Vieira, vai analisar o pedido feito por ele, caso seja possível, a Guarda conseguira, por exemplo, consultar terminais de antecedentes, entre outros itens.
Sayão explica como vai funcionar esse trabalho de comunicação, caso seja possível. “Nós estamos tentando ver a possibilidade de a Guarda utilizar, em algumas circunstâncias, o nosso sistema de informação através da sala de e-mails aqui da Seccional. Faríamos um link com a base da Guarda para consultas de terminais de antecedentes, para que eles também tenham uma celeridade nas apurações, nas averiguações que eles fazem cotidianamente. Estou fazendo uma consulta à hierarquia, foi feito uma consulta para ver em que molde poderia ser feito isso. Por em quanto é só uma consulta”, finalizou.

Postar um comentário