quarta-feira, 22 de maio de 2013

'Não há interesse em implantar a aguarda municipal', diz vereadora

A Câmara Municipal de Teresina  realizou nesta quarta-feira (22), uma audiência pública para discutir a implantação da Guarda Municipal na capital. Nenhum representante da Prefeitura compareceu ao encontro. Para a vereadora Rosário Bezerra (PT), a ausência do prefeito Firmino Filho e dos secretários mostra que não há interesse da administração municipal em implantar o serviço na cidade.
“Nós só podemos constatar que não há interesse da Prefeitura em discutir esse assunto com a sociedade”, disse a parlamentar.
Vereadores pedem implantação imediata da guarda municipal em Teresina (Foto: Gilcilene Araújo/G1)
Vereadores pedem implantação imediata da guarda municipal em Teresina (Foto: Gilcilene Araújo/G1)
Já o ex-vereador Jacinto Teles, autor do projeto de lei que prevê a implantação de uma Guarda Municipal em Teresina, disse que o prefeito Firmino Filho pode ser responsabilizado por improbidade administrativa ao descumprir a lei. Segundo ele, na época da elaboração do projeto, houve uma mobilização social e mais 73 mil teresinenses assinaram um abaixo assinado solicitando o serviço.
“Se a alegação da prefeitura é a ausência de recursos, o Ministério da Justiça tem verbas para repassar para as prefeituras nas ações de combate à criminalidade. Além da lei municipal, também tem uma lei federal que estabelece o policiamento por meio de uma Guarda Municipal. O único encargo que a prefeitura teria seria os salários dos servidores”, disse jacinto Teles.
Rosário Bezerra disse ainda que como nenhum representante da prefeitura de Teresina compareceu à audiência, será formada uma comissão de vereadores e este grupo apresentará tudo que entrou no debate desta terça-feira ao prefeito Firmino Filho.
Rosário Bezerra questiona postura do prefeito de Teresina (Foto: Gilcilene Araújo/G1)
Rosário Bezerra questiona postura do prefeito de Teresina 
(Foto: Gilcilene Araújo/G1)
Até a publicação da reportagem a Prefeitura de Teresina não havia dado nenhum posicionamento sobre o assunto.
Veja também
Postar um comentário