sábado, 4 de maio de 2013

Por aprimoramento, Brasil envia 25 policiais militares para Espanha


Foco é troca de experiências em benefício da Copa e das Olimpíadas.
Intercâmbio deve durar três semanas e inclui curso de idiomas.

O Brasil enviou 25 policiais militares para a Espanha nesta sexta-feira (3), como parte de um programa de troca de experiências com o país europeu, que visa melhorar a preparação para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.
O intercâmbio, que durará três semanas, inclui um curso de idioma e um de cultura espanhola, que será realizado na Universidade de Salamanca. Além disso, conhecerão a Academia da Polícia Nacional, em Ávila, e trocarão experiências com a Guarda Civil, em Madri.
O coordenador do programa, José Júnior, diretor da ONG AfroReggae, afirmou hoje que o grupo manterá contatos com unidades antiterroristas e 'talvez' com a polícia que faz a segurança da Casa Real. 'Espero que possamos viver experiências inovadoras', comentou.
Os participantes do programa pertencem as Polícias Militares de Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Além disso, cinco integrantes do AfroReggae, embarcarão para a Espanha.
O programa, chamado TOP España Polícia, conta com o patrocínio do Santander Universidades, a divisão do banco espanhol dedicada ao setor de educação.
O superintendente do Santander Universidades, Afrânio Pereira, explicou que o programa é uma 'evolução' de um programa de intercâmbio, o qual já participava a polícia paulista, e que se limitava apenas ao estudo de idioma e cultura espanhola.
'Agora demos a chance aos policiais de interagir com a polícia espanhola. O programa ganhou uma dimensão importante ao abranger as polícias de Rio, São Paulo e Minas', afirmou Afrânio Pereira, na cerimônia de anúncio da viagem.
Postar um comentário