sábado, 6 de julho de 2013

NOVO OUVIDOR DA GCM VISITA O SINDGUARDAS-SP


diretoria reunida com o novo ouvidor da GCM

Nesta quinta-feira (04/07) o novo ouvidor da GCM, José Eduardo de Caroli, foi recebido pela diretoria do Sindguardas-SP para conversar sobre os principais problemas da instituição. Na ocasião o ouvidor pode conhecer as dependências do sindicato, bem como os serviços disponibilizados pela entidade.
Dando prosseguimento a nossa política de combate ao Assédio Moral e Sexual na GCM a diretoria expôs para o ouvidor a cultura institucionalizada de assédio moral, travestida de hierarquia e disciplina. Durante a conversa relatamos muitos casos de assédio moral e sexual que chegam ao sindicato e externamos a nossa preocupação com a morosidade, o corporativismo que culmina com  a falta de punição para os praticantes deste mal. O ouvidor teve a oportunidade de ouvir da Psicologa do sindicato o estado psíquico que os trabalhadores e trabalhadoras vitimas do assédio moral e sexual chegam ao departamento de psicologia da entidade.
http://www.sindguardas-sp.org.br/Store/Fotos/fotos%20011.jpg
Outro ponto importante da visita foi o contato que ouvidor teve com os GCM’s que estavam aguardando atendimento no departamento social e psicológico do sindicato. O relato da servidora deixou o ouvidor indignado com tamanho absurdo pelo qual a GCMf passou.
Na oportunidade tomamos conhecimento dos principais pontos de ação que serão desenvolvidas pela ouvidoria, o que nos deixou esperançosos e confiantes na atuação séria, isenta e eficiente da ouvidoria.
Diante do explanado, ficou claro que o Secretário Roberto Porto está apostando na ouvidoria como instrumento de acolhimento e encaminhamento de qualquer irregularidade cometida por qualquer servidor da GCM, independente do cargo que ocupe. A diretoria do Sindguardas-SP se colocou à disposição do ouvidor, se comprometendo a encaminhar qualquer caso que chegue ao conhecimento da entidade e que está esperançosa com a agilização dos casos já enviados pela entidade à casa corregedora.
Segundo o ouvidor as denúncias podem ser feitas por e-mail, pessoalmente ou por telefone: 08007700263 (segunda a sexta – horário comercial) ouvidoriagcm@prefeitura.sp.gov.br
Postar um comentário