quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Reunião de entidades com o prefeito Fernando Haddad

Hoje, 13/11, no gabinete do Prefeito tivemos uma reunião a qual foi a pedido das Entidades que compõe o SINP (Sistema de Negociação Permanente), onde esteve presente o Prefeito Haddad. 
A ABRAGUARDAS, que já assinou como entidade participante do SINP a 15 (quinze) dias, já foi convidada a participar. 
Na mesa a fala do Prefeito foi muito importante, renovou o compromisso com o SINP, demonstrou honestidade e boa vontade em dar encaminhamento as demandas que são muitas.
"Fiquei muito bem impressionado, com o fato do Prefeito Haddad, ter comparecido a mesa, me pareceu uma pessoa honesta, e preocupado com a valorização dos funcionalismo, pude observar que o quadro futuro pode ser muito prospero para nós funcionários públicos, infelizmente para curto prazo as coisas não são muito otimistas. O fato do Prefeito estar pessoalmente na mesa de negociação é fato inédito na Prefeitura Municipal de São Paulo e isso pode definir bons tempos para nós da Guarda Civil ...." disse o Presidente da Abraguardas CD Faria. 
O Prefeito Haddad, levou ao conhecimento das entidades, que suspendeu provisoriamente as mesas de negociação tanto setoriais como a da GCM tanto a Geral (todas as entidades), pois, existem questões importantes que ainda estão carentes de definição, como é o caso da liminar contra o IPTU, a definição da obrigatoriedade de pagamento de precatórios, que pode aumentar para o ano de 2014, impacto orçamentário devido ao não repasse da tarifa do transporte público e demais questões que dependem de decisões futuras, no que se refere ao orçamento para o ano que vem. 
Haddad foi bem claro e honesto em admitir que não possui agora condições de se estabelecer qualquer base de aumento, ou demais situações do funcionalismo que envolva a questão financeira, e que tudo vai depender de como estas questões irão se resolver. 
Pediu a compreensão das entidades, devido ao fato de ter herdado esta situação caótica da gestão anterior a qual não previu meios de aumento de receitas, com vistas a recomposição das perdas dos funcionários públicos do município. 
Seu compromisso foi continuar a fortalecer o SINP, e na medida do possível melhorar a situação do funcionalismo como um todo. 
"Há um ato de boa vontade explicita do governo, em não esconder o jogo em expor de forma sincera suas dificuldades, demonstra ser Haddad, um politico de estado comprometido com um bom sistema de prestação de serviço público que tem como base principal o servidor bem remunerado. Mas na prática para este e para o próximo ano não vejo melhoras significativas...." disse o Presidente da Abraguardas CD Faria. 
QUANTO A GCM
Após a saída do Prefeito a reunião continuou, o presidente da Abraguardas conseguiu saber diretamente de um dos Assessores Especiais, o qual disse que o Plano de Carreira também sofrerá um atraso justamente devido as questões que ainda não foram definidas as quais impactam diretamente o orçamento do ano que vem. 
A principal noticia boa foi que na semana que vem ele estará junto como o Secretário Roberto Porto para elaboração de projeto de lei de concessão de remuneração para o GCM, no horário de sua folga, nos moldes e nos valores da "lei delegada", mesmo não sendo o ideal ele espera que esta medida, socorra aos Guardas Civis e de um folego até que a reestruturação saia. 
Este projeto similar da lei delegada é prioridade para o Governo e a promessa é que dentro de pouco tempo seja encaminhado para a Câmara Municipal. 
Agora com a participação da ABRAGUARDAS, no SINP, teremos notícias de fato do que está acontecendo, seja bom ou seja ruim iremos divulgar. 

Matéria: Thomas Furtado
Enviado pelo CD Faria (Presidente - Abraguardas)
Fonte: Abraguardas
Matéria reproduzida no Blog do GCM Duarte
Postar um comentário