sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

GCM apreende mais sete veículos por descarte e transporte ilegal de resíduo

Todos os automóveis foram encaminhados ao pátio da LIMPURB. As empresas Cortesia Concretagem e Mix 9000, envolvidas, receberão multa de até R$13 mil por infração conforme a lei 13.478, de 2002.


Na manhã desta quinta-feira (16/02), a Guarda Ambiental flagrou três veículos realizando descartes irregulares de entulho na região leste de São Paulo. Em Guaianases, um caminhão betoneira (pertencente à Empresa Cortesia Concretagem), uma pick up e uma bomba de lançamento de concreto (ambos da companhia Mix 9000) despejavam o material na Rua Drº José Gravonsky, quando foram avistados pelos agentes. Na região de Itaquera, os guardas abordaram quatro caminhões que transportavam resíduos sem autorização.
Todos os motoristas receberam o Comunicado de Despejo Irregular de Resíduos (CDIR), tiveram os veículos apreendidos e os responsáveis receberão multa de até 13 mil reais, por infração, conforme lei 13.478, de 2002.
Desde janeiro de 2012, a GCM flagrou 74 descartes irregulares de entulhos, (sendo 31 em fevereiro) na cidade de São Paulo, destes 39 foram na Zona Leste. Todos os notificados serão multados em R$ 13 mil cada um.
 No período de janeiro de 2010 a dezembro de 2011, a Guarda Civil
Metropolitana flagrou 999 descartes irregulares de entulhos e lixo na cidade, o que resultou em 2.219 ocorrências, encaminhadas às delegacias ambientais. Também foram efetuadas 738 notificações. Os agentes da corporação ainda atuaram na fiscalização dos perímetros ambientais, principais áreas a serem preservadas na cidade, e parques. Foram realizadas 78.959 verificações e rondas nas áreas de risco (em 6.241 regiões). Cerca de 370 toneladas de lixo e entulho foram retiradas das ruas e encaminhadas para aterros ecológicos da Prefeitura. Os principais materiais de despejo irregular são restos de construção, entulho no geral e resíduos domésticos.
A GCM atua com base no Procedimento Operacional Padrão 016 Descarte Irregular de Resíduos.
Postar um comentário