quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

I Oficina de Assessoria de Imprensa e Comunicação realizada aos Comandantes Operacionais e Regionais da GCM



Na manhã de  31/01, aconteceu a I Oficina de Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria Municipal de Segurança Urbana aos Comandantes Operacionais e Regionais da Guarda Civil Metropolitana. O objetivo da Oficina foi sensibilizar a corporação a respeito do trabalho realizado pela Assessoria e melhorar o canal de informação com o propósito de divulgar amplamente as ações da corporação na imprensa e à população de São Paulo. Na abertura do evento houve a exibição de um vídeo com mensagem do Secretário Municipal de Segurança Urbana, Edsom Ortega com os temas “A imagem da GCM que queremos passar ao público” e “O papel da liderança na comunicação”.
Ortega falou da importância da área de comunicação para trabalhar a imagem da Instituição. “Não basta investir em equipamentos, valorização de efetivo e tecnologia, nós temos que nos comunicar melhor para divulgar a GCM, valorizando suas ações de maneira significativa. Queremos reforçar o lema da GCM Aliada, Protetora e Amiga, com repressão qualificada usando técnicas de inteligência, sem haver confronto, nas ações”,destacou.
Em seguida, o Subcomandante da GCM Eduardo Siqueira de Bias falou da importância da comunicação para a consolidação da imagem institucional da GCM. “É notório que a Assessoria de Imprensa e Comunicação tem divulgado o trabalho da GCM, mas queremos o envolvimento direto dos Comandantes Operacionais e Regionais, através da implantação dos Agentes de Comunicação nas 34 Inspetorias e cinco Comandos Operacionais, com o intuito de melhorar o fluxo de comunicação e divulgar ainda mais as nossas ações”,destacou.
Foto: GCM Marcelo Ulisses Comunicação/SMSU
Em seguida, as jornalistas pós-graduadas em Comunicação e Marketing e Comunicação Corporativa respectivamente, coordenadora da AIC, Mariana Rodrigues Burbela e assistente de coordenação, Gláucia Arboleya falaram sobre “O papel da Assessoria de Imprensa e Comunicação”, abordando a rotina da Assessoria de Imprensa e Comunicação; O fluxo de Comunicação/divulgação; quando falar, o que falar e para quem falar; Porta-vozes, a imagem da Corporação e dificuldades (ruídos) na informação. Na explanação, a coordenadora e assistente de coordenação destacaram a importância dos Inspetores e Comandantes municiarem a Assessoria de Imprensa com informações claras, objetivas e ágeis e que a notícia tem prazo de validade, por isso deve ser informada no momento da ação, ocorrência ou flagrante.
Foto: Gcm Marcelo Ulisses Comunicação/SMSU
Já o Assessor Técnico da SMSU, Professor Doutor em Administração Pública Zare Ferragi, abordou o campo institucional do policiamento no Brasil e falou da sua experiência no Exterior, inclusive no Japão, expondo o tema “A comunicação nossa de cada dia: ênfase na política de articulação comunitária como estratégia de comunicação institucional”. Ele destacou a importância da gestão da informação como estratégia de consolidação do papel da GCM, como organização atuante no monitoramento compartilhado do espaço público. “Os guardas civis metropolitanos são, acima de tudo, comunicadores de risco: devem observar, registrar e comunicar a realidade à sua volta e o trabalho que realizam e para isso precisam contar com o apoio de sua chefia imediata”, reiterou.

Foto: Gcm Marcelo Ulisses Comunicação/SMSU

Foi aberto aos presentes para esclarecimento de dúvidas e sugestões, as quais serão encaminhadas à apreciação do Secretário Edsom Ortega e Comando Geral da GCM.
Dinâmica
Com o propósito de demonstrar aos presentes a rotina/desafios da Assessoria de Imprensa e Comunicação, houve a apresentação Grupo de teatro da GCM. Durante a encenação os guardas puderam retratar a dificuldade dos assessores em apurar a informação precisa de maneira rápida para responder um questionamento da imprensa. A Inspetora Cândida ressaltou a importância do envolvimento dos Inspetores e Comandantes para divulgar as ações, à imprensa e população, pertinentes às suas áreas.
Para finalizar, a jornalista Josiane Delfino, Diretora de Comunicação da Equilibrium, prestadora de serviços da APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música) e Motion Picture Association (MPA-AL), integrantes do GGI, comentou sobre a importância das ações estratégicas de comunicação, da manutenção imagética da Corporação e principalmente da necessidade da participação de todos; para que o processo comunicacional seja eficiente.
Esse é a primeira Oficina da Assessoria de Imprensa e Comunicação. O intuito é realizar uma próxima até o início do mês de abril, aos Guardas Civis Metropolitanos, que serão nomeados como Agentes de Comunicação, das 34 Inspetorias e 5 Comandos Operacionais. A Inspetoria que divulgar mais ações positivas será contemplada como a inspetoria do mês.
Foto: Gcm Marcelo Ulisses Comunicação/SMSU
Agentes de Comunicação
Os agentes de comunicação devem ser selecionados até a segunda quinzena do mês de abril. Os nomes devem ser informados ao Comando Geral e a Assessoria de Imprensa e Comunicação. Os Guardas Civis Metropolitanos devem ter o seguinte perfil: domínio dos assuntos da corporação; ser pró-ativo, dinâmico, comunicativo e possuir conhecimentos básicos de internet e informática.
Postar um comentário