sábado, 1 de setembro de 2012

VÁ A BORDO COMANDANTE

Passado este governo, não podemos nos condoer de pessoas que, com o poder na mão, nos deixaram nessa situação humilhante, nos deixaram sofrer com punições ilegais, com desmandos, com assédios!!!
Faltam apenas 122 dias para acabar esse governo, graças à Deus!!!
VÁ A BORDO COMANDANTE
Publicado sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Não deixe seus subordinados à deriva. Assuma o comando.
“Va a bordo comandante” foi a frase utilizada pelo integrante da Guarda Costeira Italiana para o comandante do navio Costa Concórdia, que abandonou o navio, a tripulação e os passageiros, enquanto a embarcação afundava.
Não dá pra lembrar deste fato sem pensar na Guarda Civil Metropolitana e no nosso comandante, pois tal qual o comandante do Costa Concórdia, deixou a GCM abandonada à própria sorte, naufragando no mar de ataques que foram perpetrados nos últimos oito anos.
Agora, faltando 123 dias para acabar este governo, novamente queremos dizer ao comandante: “VÁ A BORDO”. Assuma o comando deste navio, pois os ventos estão mudando e o período de desmando está quase no fim. Decida hoje como irá entrar para a história. 
Esta é a última chance.
Ainda dá tempo de assumir posição em defesa da Guarda e dos guardas. Ainda dá tempo de assinar os portes de armas, cujo convênio fazem seis anos que foi assinado e não foi concretizado. Ainda dá tempo de fazer o prefeito assinar o decreto do prêmio de desempenho, aprovado há dois anos e não pago até hoje. Ainda dá tempo de combater o trabalho escravo na GCM e determinar que nenhum chefe de unidade escale guardas para trabalhar por 13X35, como está ocorrendo. Ainda dá tempo de tomar uma postura concreta contra o assédio moral crônico dentro da corporação. Ainda dá tempo de revogar as punições aplicadas aos guardas que se recusaram a entregar as armas. Ainda dá tempo de demonstrar que a prefeitura está pagando uma fortuna para a atividade delegada e a GCM continua fazendo o serviço. Ainda dá tempo de demonstrar publicamente sua insatisfação com os oito anos sem concurso público.
Não perca esta  ÚLTIMA oportunidade comandante, pois faltam 15 dias para o aniversário da corporação e este é seu último prazo para provar que o brado de “FORA CORONEL” não foi em vão. Caso até o dia 15 de setembro, não virmos nenhuma atitude, pública e concreta em defesa da instituição por parte dos comandantes tenha a certeza de que a história não irá lhe esquecer, nem lhe poupar como o que de pior já aconteceu na história da corporação.
Decida como quer ser lembrado.
Encaminhado pelo Sindicato da Guarda Civil Metropolitana
Postar um comentário