domingo, 18 de novembro de 2012

Presídio é alvejado e sobe para 16 o número de cidades atacadas em SC

O Presídio de Araranguá, no Sul de Santa Catarina, foi alvo de tiros na manhã deste domingo (18), por volta das 5h. Segundo a Polícia Militar, pelo menos quatro disparos foram efetuados contra a unidade. Dois atingiram o muro e um danificou um poste. O ataque faz subir para 16 o número de cidades com registros de ações criminosas desde a segunda-feira (12), quando a primeira foi registrada, em Florianópolis. 
Também em Araranguá, por volta das 7h, a Polícia Militar encontrou dois coquetéis molotov que foram jogados contra um posto de combustíveis desativado. O local é próximo ao presídio e a relação entre os dois ataques vai ser investigada. Segundo a polícia, a porta de vidro foi quebrada, mas as bombas caseiras não chegaram a explodir.
Base foi alvejada por oito tiros (Foto: Reprodução RBS TV)
Base foi alvejada por oito tiros
Foto: Reprodução RBS TV

Mais de 50 ataques já foram registrados no estado, em setes dias consecutivos. Florianópolis, São José, Palhoça, Tijucas, Gaspar, Navegantes, Itajaí, Blumenau, Criciúma, Balneário Camboriú, Indaial, Itapema, Tubarão, Araranguá, São Francisco do Sul e Canelinha já registraram atentados criminosos.
Além destes registrados no Sul, entre a noite de sábado (17) e o início da manhã de domingo (18), houve um ataque a uma base da Polícia Militar e uma tentativa incêndio a um veículo, em Florianópolis e Palhoça. Lixeiras foram incendiadas na capital, mas polícia suspeita de vandalismo.
A base da PM foi atacada por volta das 22h45 deste sábado (17), no bairro Ingleses, Norte de Florianópolis. Segundo a polícia, um veículo passou em frente ao local e disparou oito tiros contra o prédio. Ninguém ficou ferido e o trabalho no local seguiu normalmente, conforme a PM.
A tentativa de ataque foi a um veículo oficial com adesivos da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). De acordo com a PM, o carro estava estacionado no Portal da Barra, um condomínio residencial do bairro Barra do Aririú, em Palhoça, na Grande Florianópolis. O atentado também ocorreu por 22h45, quando um motociclista passou e tentou atear fogo no automóvel. Segundo a PM, as chamas começaram a atingir o veículo, mas um grupo de moradores do bairro conseguiu apagar o fogo e somente os pneus foram queimados.
Já neste domingo (18), às 5h40, um grupo de jovens incendiou algumas lixeiras, na Avenida Mauro Ramos, em Florianópolis. Conforme a PM, a suspeita é que não seja um ataque, mas um ato de vandalismo. Ninguém foi preso.
Fonte: http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2012/11/presidio-e-alvejado-e-sobe-para-16-o-numero-de-cidades-atacadas-em-sc.html
Veja cronologia dos ataques em Santa Catarina
http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2012/11/cronologia-dos-ataques-em-sc.html
Postar um comentário